Biografia

É utópico, mas genuíno: queremos reescrever a história da moda. Não, não dá para apagar o que foi feito de errado, mas a nossa proposta é que seja construído algo novo, a partir de agora. Mas como reeducar um mercado a partir de uma contradição?

Sim, somos uma marca de jeanswear e esta é uma das indústrias de moda mais poluentes do mundo. Acreditamos que transformar é preciso e o primeiro passo desta conscientização é criar metas concretas e possíveis. Por isso, todo produto confeccionado pela EZE contemplará, pelo menos, três dos nossos seis fundamentos; desta forma, conseguimos manter um controle de produção sustentável.

Por enquanto, estamos no ano da redução. Sejam bem-vindos”

Lançamos nossa primeira coleção usando menos água na lavagem do jeans, menos produtos químicos, menos descarte, menos lixo! Diminuir o desperdício é, aliás, o nosso grande desafio. Sobras existem, mas devem ser manipuladas: linhas e aparas de tecidos, por exemplo, são desfibrados para se tornarem novos produtos.

Por isso precisamos transformar e propor que tudo seja diferente desde já. Por exemplo: se é mais barato mandar uma calça para uma lavanderia que usa tintura química, a gente diz “não, obrigado”.

Gentileza gera experiência e estamos em busca de processos cada vez mais humanos”

Mas atenção: não vale ser orgânico e devolver água suja para rios e oceanos. Por aqui, desgastes e corrosões no jeans são feitos a laser e o algodão cru é amaciado com extratos naturais.

Falando do nosso pomar criativo, teremos roupa tingida com romã, catuaba e erva mate — só para citar alguns dos nossos sabores ancestrais de coloração.

Na nossa lavanderia consciente, só entram produtos biodegradáveis”

A água usada em beneficiamentos é tratada para ser reutilizada em muitos outros processos. Mas como reaproveitar também é preciso, vamos espalhar o jeans 100% reciclado por aí. Uma de nossas missões como marca é tornar tecidos reusados e matérias primas orgânicas cada vez mais acessíveis.

Sabe quando você está estressado e dá um mergulho na cachoeira para se reconectar? A gente também quer rebootar o sistema das coisas!

Vamos fazer isso através de processos cognitivos que nos aproximam à natureza”

Uma marca realmente sustentável é a gentileza que oferecemos ao planeta. Sabe aquele meme gringo que diz que “karma is a bitch”?

Aqui, na EZE, isso não é tabu: não temos nada a temer! Pois você não precisa de mais uma peça de roupa, mas o planeta precisa de um novo estilo de vida.

Anota aí: gentileza gera bom karma!

Em uma indústria feroz como a da moda, EZE existe em legítimo ato de resistência: que delícia ter como segunda pele peças feitas também com algodão cru (que já nasce hit), malha pet (já uma tradição da moda consciente) ou com o novo cânhamo (mais leve, superfluido).

E o que dizer do refrescante liocel, tecido criado à partir da fibra extraída de eucaliptos certificados pelo conselho floresta para todos para sempre (FSC™)? Saiba para onde vai a sua consciência. A nossa está gentilmente em dia com o planeta.

Com responsabilidade, EZE.

X